Canova, Amorino, detalhe, Hermitage São Pietroburgo

“É necessário que o antigo chegue no sangue para que exale a naturalidade instrínsica própria à vida.”

A. Canova

Canova Eterna Beleza é a exposiçao dedicada ao maior escultor do período neoclássico que abriu em outubro no Palácio Braschi de Roma e ficará aberta até dia 15/03/2020.

canova eterna beleza guia brasileira roma 1 - Canova, Eterna Beleza
Perseu Triunfante, 1979-1801, Canova, Museus Vaticanos

Quem foi Antonio Canova

Canova, artista vêneto (Possagno, 1757), após a realização do brilhante grupo escultóreo “Dedalo e Ícaro” (1757-79), obteve a chance de vir à Roma para aprofundar seus estudos.

retrato canova - Canova, Eterna Beleza
Retrato de Canova

O artista viverá no Palácio Veneza e a sua carreira artística será consolidada em 1787 com o monumento fúnebre de Clemêncio XIV, obra que pode ser vista até hoje na Basílica dos Santos Apóstolos, perto da Praça Veneza. A este monumento serguirá o de Clemêncio XIII (que tem um retrato do grande pintor alemão Anton Raphael Mengs) erguido na Basílica de São Pedro.

apolo belvedere canova - Canova, Eterna Beleza
Apolo del Belvedere, copia para estudos do Canova

Em 1802 será Inspetor Geral do Estado do Estado Pontifício. Em 1809 Roma será anexada ao estado napoleônico e o papa Pio VII será exilado.

Em 1810 será príncipe da Accademia de San Luca, célebre instituição à qual eram obrigados a pertencer os artistas, a partir dos últimos anos do século XVI; em 1814 será nominado “príncipe perpétuo”, sobretudo após o retorno do Papa Pio VII, já que além da habilidade artística, Canova articulará o retorno de obras roubadas por Napoleão!

O artista morrerá em Veneza, em 1822.

damoxenos creugas canova exposicao roma - Canova, Eterna Beleza
Damoxenos e Creugas, expo Canova, Palazzo Braschi, Roma

Se conseguirmos minimamente imaginar o charme que a Arte Antiga exercitava desde o Renascimento, o que terá sido este momento após a descoberta e início das excavações de Herculano que Canova viveu!

damoxe creugas lapis canova expo roma - Canova, Eterna Beleza
Exboço a lápis de Canova, Demoxenos e Creugas

Neoclassicismo, reação ao Rococó

O Neoclassicismo nasce no início do século XVIII, no “minuto anterior” à Revolução Francesa, portanto um momento de enorme fermento cultural, dúvidas e anseios de cunho político (mas também pessoal), aos quais não serão indiferentes a alma do artista.

vista palacio braschi expo canova roma - Canova, Eterna Beleza
Vista do Palácio Braschi para a Praça Navona, onde acontece a expo de Canova, Eterna Beleza

Em 1748 tinha sido instituído um prêmio para que artistas franceses passassem um período em Roma com o propósito de entrar em contato com a arte antiga. Uma vez que o Grand Tour tinha se consolidado como atividade dos artistas europeus, circulavam estampas de obras de arte, que os “bolsistas em Roma” podiam, finalmente, ver e desenhar pessoalmente.

retratos ambiente canova - Canova, Eterna Beleza
Retratos da Escola de Canova, respectivamente Leticia Ramolino, Paolina Bonaparte, Alexandrine de Blechamp

Neste período serão preferidos temas históricos (famoso o quadro do “Juramento dos Horácios”, Jacques-Louis David, realizado em 1785 , no Louvre), inspirados pela Arte Clássica.

tela canova retrato martino de boni - Canova, Eterna Beleza
Retarto de Canova, por Martino de Boni, 1800-5

Fundamentais neste contexto também serão os salões de Diderot (1713-1784) em Paris, que fundarão a crítica de arte moderna e a Geschichte der Kunst de Winckelmann, resumo da História da Arte dos egípcios aos romanos, que instituirá uma nova disciplina, isto é, a História da Arte.

A exposição Canova Eterna Beleza

Com a curadoria do Giuseppe Pavanello, a exposição não poderia encontrar uma sede melhor, nem uma tão boa disposição de peças, assim como a iluminação. Resumindo, está um show!

Endimione Canova - Canova, Eterna Beleza
Endimione, gesso de Canova, 1819, Gypsotheca e Museo Antonio Canova 2019

A exposição conta com 170 obras de arte, antigas e que influenciaram o grande mestre, das suas próprias mãos, mas também de artistas que absorveram a sua influência, além de quadros com imagens do seu atelier em Roma – fato interessantíssimo, já que o seu próprio atelier será inserido na etapa romana do Grand Tour!

bailarina maos ancas canova roma expo - Canova, Eterna Beleza
Bailarina com as mãos nas ancas, sobre plataforma rotatória, A. Canova, 1806-12, Hermitage

As peças são iluminadas contra um fundo escuro ou espelhos, acentuando o volume das figuras e a queda dos tecidos. A partir dos lutadores Demóxenes e Creugas, o visitante é convidado a pegar uma vela “elétrica” para aproximá-la e observar as nuances das esculturas.

Curiosa a obra “Amor e Psiquê”, esculpida por um robot ao longo de 270h, no pátio interno do Palácio Braschi!

Outros trabalhos de Canova em Roma e Florença que você não pode perder: Monumento aos Stuart, Basílica de São Pedro; Retrato de Paolina Borghese, Galleria Borghese; Monumento a Clemêncio XIV, Basílica dos Santos Apóstolos; Atelier do Artista, Via del Babuino, 150A; Monumento a Vitório Alfieri, Basílica de Santa Cruz de Florença.

Nos arredores de Treviso (VE), há a Gypsotheca e Museo Antonio Canova. Endereço: Via Canova, 74, 31054 Possagno TV. SIte oficial https://www.museocanova.it/

Outros trabalhos de Canova na Europa: “Amor e Psiquê”, no Louvre; “Teseu e o Minotauro”, Victoria e Albert Museus, Londres; “Monumento Fúnebre a Maria Cristina da Austria”, Augustinerkirche de Viena.

Museu do Palácio Braschi: Piazza San Pantaleo, 10

Abertura: todos os dias das 10 às 19h. Abertura extraordinária: 24 e 31/12 das 10 às 14h. Até 15/03/2020

Ticket expo Canova Eterna Beleza: € 13,00 ; meia € 11,00

Há um ticket combinado para ver o circuito dos Museus de Roma (se tiver interesse, do outro lado da rua tem o Museu Barraco), a € 19,00 e € 15,00

Share: