Roma em Português

Como levar vinho da Itália para o Brasil

Degustação vinhos na Toscana com guia brasileira

Como e quantas garrafas de vinho eu posso levar para o Brasil é o que vamos explicar detalhadamente neste post. Quantas garrafas é possível levar para o Brasil e como protegê-las para que cheguem intactas?

 

Mala Lezene, especialmente desenvolvida para o transporte de vinhos

Super mala para vinhos com capacidade para 12 garrafas

Itália, país do vinho

Eu adoro o Gravner da Oslavia (divisa com a Eslovênia) e já falei dele num post anos atrás, o Franciacorta dos arredores de Milão,  o Vêneto, que não era um vinho nem prosecco, o elegante Cinque Terre da Ligúria, as infinitas preciosidades da Toscana, o vinho do Lácio que o brasileiro ainda não conhece, até o Donna Fugata da Sicilia, só para mencionar alguns nomes básicos para sublinhar o fato que onde você pisar neste país, vai ter um bom vinho.

Degustação vinhos na Toscana com guia brasileira

Degustação vinhos na Toscana com guia brasileira

O vinho “bom” você encontra onde tem terra vulcância, e como a Itália teve vulcões ativos por todo o seu território, com essa genial população que ama estar à mesa e produzir um bom vinho, lógico que você vai querer levar uma das mais preciosas lembranças, garrafas de vinho, depois que fizer as suas degustações por aqui.

Companhias aéreas e o transporte de vinho

A quantidade de malas e peso que você pode transportar depende da sua companhia aérea e da classe em que viaja, bem como o valor a ser pago por excesso de bagagem. Vou citar as mais comuns para quem vem à Itália: TAP, Iberia, Alitalia e Latam.

Peso-padrão para todos os vôos entre Brasil e Europa, são permitidas duas malas de até 23kg nas principais companhias aéreas como: TapIberia , Alitalia e LatamHoje estas são as informações à disposição; mas verifique antes de viajar se mudou alguma coisa.

Normativas para o transporte de vinho

Os turistas brasileiros apaixonados por vinho sempre se deparam com o problema de não conseguir levar pra casa o vinho das suas viagens à Europa. O transporte aéreo de álcool é a maneira mais segura, fácil e o melhor custo-benefício de levar vinhos da Europa para o Brasil. Isso acontece por diversos motivos, seguem os principais deles:

Mala especial forrada com espuma, especial para o transporte de vinhos

Mala especial forrada com espuma, especial para o transporte de vinhos

– O envio de bebidas alcoólicas para o Brasil é, infelizmente, proibido. As vinícolas principais oferecem serviço de envio de garrafas, mas para quem mora no Brasil este serviço ainda permanece um sonho.

– O imposto sobre o álcool no Brasil é muito alto, tornando-se um dos países mais caros do mundo para comprar bebidas alcoólicas. Em seus países de origem, os vinhos costumam custar 1/3 do valor praticado no Brasil.

– Os brasileiros desfrutam de um limite alto livre de impostos ao transportar vinho no avião – são até 12 litros, ou seja, 16 garrafas padrão de 750ml, e uma cota máxima no valor total de US$500.

– Os brasileiros desfrutam de uma franquia de bagagem muito generosa nos vôos entre a Europa e o Brasil: 2 ou 3 malas cada uma pesando entre 23- 32 quilos.

Mala especial para transporte de vinhos

Mala especial para transporte de vinhos

Entre os produtos mais estão as malas especiais de vinho, como as Wine Check Elite e Clássica  para transportar de 12 a 15 garrafas, e a mala rígida VinGardeValise. Todas elas são testadas contra choque e garantia na proteção das garrafas de vinho em vôos de longa distância. As malas são aprovadas e dentro dos limites de peso de bagagem das companhias aéreas com um peso total quando carregado com vinho entre 18 e 23 quilos. Além disso, elas pode ser entregues diretamente no hotel em toda a Europa se comprados através do site.

Aqui no blog já falamos de enotecas em Roma que possuem uma ampla oferta de vinhos italianos para você prolongar a sua viagem quando chegar em casa!

Para agendar a sua visita à vinícolas com a gente, por favor mande-nos informações sobre a sua viagem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *